Xamã chega com seu primeiro single solo do ano, “Dublê de Marido”


No final de 2021, o Brasil se rendeu ao malvadão, que chegou ao topo das paradas musicais e lá permaneceu por várias semanas. Agora, é hora de um badass tomar o centro do palco. Essa é a essência do mais novo single do Xamãdublê Esposo”, divulgado nesta quarta-feira nas principais plataformas digitaiscom o clipe sendo disponibilizado no canal do YouTube da Registros Bagua.

Os ouvintes que conheceram Xamã por golpe”cara mau 3” encontrará um som completamente diferente em “façanha do marido”, como é a tradição do multifacetado rapper, que não está preso a apenas um ritmo ou um único estilo musical. Atualmente no topo do rap nacional, tanto em números quanto em relevância, o artista mostra que, para ele, estética e conceitos diversos são tão importantes quanto a mensagem que se quer transmitir com uma música.

A produção do novo single ficou a cargo de Pedro Lotto, que mistura rap rítmico com sensualidade funk, trazendo elementos de trap e uma pitada de R&B. Numa energia envolta em mistério, reforçada pela identidade visual construída especialmente para o single, Xamã homenageia a sua média, uma mulher com atitude que toma as rédeas da vida, entre os versos da faixa: “Eu sei que quase nada te impressiona / Mas se você quiser fugir do mundo, me chame / Eu sou seu bandido, você é meu bandido”.

para o clipe, Xamã renovou a parceria com o diretor William Brehmcom quem trabalhou em diversas produções de sua carreira, como o curta-metragem do álbum “O iluminado”. Juntos, eles pensaram em um cenário que une o futurismo ao underground. A inspiração veio de obras de ficção científica e estilo cyberpunk, com bastante cores neon, jogos de luz, hologramas e outros efeitos especiais.

A estética cyberpunk ainda é pouco utilizada, principalmente no Brasil, mesmo sendo conceituada há muito tempo. O livro Neuromancer, dos anos 80, já trazia esse conceito nos mesmos moldes que vemos na ficção hoje. Queria homenagear aqueles filmes antigos que conhecemos bem, aqueles que tentaram imaginar como seria o futuro, como seria o nosso presente. Então eu trouxe essa vibe mais sombria, que está totalmente entrelaçada com a batida e o significado da música.“, comentários Xamã sobre a produção.

Complementando a produção da melhor forma possível, Xamã trouxe uma participação mais que especial: Gretchen, a rainha dos memes e do rolo, imortalizada na cultura pop brasileira. Juntos, Xamã e Gretchen eles dão vida ao bandido e à garota malvada e trabalham juntos nos subúrbios de uma cidade.

No início do clipe, Xamã recebe mensagens em realidade aumentada, em formato de publicidade, dizendo para você “Siga o coelho”. O Coelho, no livro clássico “Alice no Pais das Maravilhas”, representa um chamado à aventura. Quando o cantor vê a imagem holográfica de Gretchenentra em uma realidade paralela, sem saber que estava mergulhando em um terreno perigoso, em que a ficção toma conta do protagonista e deixa o espectador instigado.

Minha ideia foi romper com os padrões, trazendo alguém único e com uma história de vida incrível como a personagem que representa a ‘bad girl’. Conectamos uma figura pop com uma música pop. Trazê-la era um desejo do Xamã, mas eu queria representá-la de uma forma que ninguém ainda fez, sério, que faz jus à imagem do mal.”, explica o diretor. William Brehm. “Shaman é capaz de se transportar para qualquer universo, e entrega performance e expressão em qualquer circunstância. Esse clipe só poderia funcionar com ele”.

Dupla do marido” suficiente para consolidar ainda mais Xamã como o maior nome do Hip-Hop/Rap nacional atualmente, com mais de 8,4 milhões de ouvintes mensais. Depois que seus três primeiros álbuns furaram a bolha do gênero em que Xamã construiu sua carreira — e que nunca lhe faltará espaço em sua versátil discografia — o artista carioca está pronto para uma nova fase de sua carreira, na qual continuará buscando surpreender seus fãs e ouvintes com faixas ambiciosas e incomparáveis ​​como este do novo lançamento.

Comentários Facebook