Rael e Di Ferrero fazem novas versões para canções já conhecidas no programa “Rael Convida”

Rael e Di Ferrero fazem novas versões para
Rael e Di Ferrero fazem novas versões para canções já conhecidas no programa “Rael Convida”
Avalie este post

O projeto “Rael Convida” promove encontros do Rael com outros músicos, gerando sempre boas conversas e novas versões para canções já conhecidas. Rael, que veio do rap e tem influência de outros estilos, faz muitas parcerias e tem afinidade com muitos músicos. Di Ferrero, ex-vocalista do NX Zero, embora seja mais conhecido como roqueiro, ouve rap desde a infância. “Comecei cantando em igreja e lá no grupo eu já mesclava rock, rap e reggae, que são minhas principais vertentes. Tanto que no disco do NX, “Projeto Paralelo”, pude chamar vários rappers que eu admiro. Gosto muito de misturar essas coisas no meu estilo, fazer o meu flow do meu jeito“, conta Di.

Eles se conheceram por volta de 2013 e, de lá para cá, sempre se encontravam em backstage de shows, festivais, premiações e etc. Esse ano Di chamou Rael para participar de “Freeman“, faixa de seu trabalho solo.  “Me identifiquei com o tema e com a música e ficamos realmente livres na hora de gravar, tanto para o álbum como agora no programa. Foi uma honra para mim“, comentou Rael. Além dessa música, eles registraram uma nova versão para “Rouxinol” (Rael), a favorita de Di Ferrero, que ganhou um acento mais reggae e alguns versos extras. Di conta no programa como foi quando ouviu a música pela primeira vez e como se sentiu.

Rael Convida” é um programa mensal que já contou com as participações de Criolo, Drik Barbosa, Negra Li, Black Alien e Thiaguinho. Os vídeos estão disponíveis no canal do Rael no YouTube e as músicas nas plataformas digitais.

Ouça o programa em todas as plataformas digitais também

Ficha Técnica Música “Rouxinol”

  • Autores: Rael e Daniel Ganjaman
  • Editora original: Laboratório Fantasma
  • Produções/Warner Chappell Intérpretes: Rael e Di Ferrero
  • Violão 1: Rael
  • Violão 2: Di Ferrero
  • Baixolão: Bruno Dupre
  • Coro: Bruno Dupre

Ficha Técnica Música “Freeman”

  • Autores: Di Ferrero, Dj Dash e Rael
  • Editora original: Intérpretes: Rael e Di Ferrero
  • Violão 1: Rael
  • Violão 2: Di Ferrero
  • Baixolão: Bruno Dupre
  • Coro: Bruno Dupre

Ficha Técnica do sexto episódio do projeto “Rael Convida”

  • Projeto idealizado por: Rael e Marina Santa Clara Yakabe
  • Roteiro: Rael e Marina Santa Clara Yakabe
  • Direção executiva: Evandro Fióti
  • Produção executiva: Raissa Fumagalli
  • Assessoria jurídica: Tiago Barbosa e Guilherme Nunes
  • Imagens: Victor Balde
  • Montagem, edição e finalização: Victor Balde
  • Motion: Adilson MP
  • Todas as faixas foram gravadas por Tofu Valsechi no Lab Estúdio
  • Todas as faixas foram mixadas por Maurício Cersosimo no Lab Estúdio
  • Todas as faixas foram masterizadas por Maurício Gargel no estúdio Gargel Mastering
  • Uma produção Laboratório Fantasma Produções

Lab Fantasma na Internet:

Sobre Rael

Nascido e criado na zona sul de São Paulo, no Jardim Iporanga, o cantor e MC Rael começou a construir sua história no rap com o grupo Pentágono, que se tornaria referência no rap nacional. Em 2010, lançou seu primeiro disco solo, “MP3 – Música Popular do Terceiro Mundo“, com o qual teve a chance de rodar o Canadá em turnê. Em 2013 veio “Ainda Bem que Eu Segui as Batidas do Meu Coração”, o primeiro pelo selo Laboratório Fantasma, produzido pelo duo norte-americano K-Salaam & Beatnick. Em 2013, Rael também viu seu “Ainda Bem” indicado ao prêmio de melhor álbum de música compartilhada no Prêmio Multishow. Em 2014, colocou nas ruas o EP “Diversoficando”, do sucesso “Envolvidão”. No final de 2016, o álbum “Coisas do Meu Imaginário”, com produção de Daniel Ganjaman, rendeu a Rael o Prêmio da Música Brasileira de Melhor Cantor Pop/Rock/Reggae/Hip Hop/Funk e uma indicação ao Grammy Latino de melhor álbum na categoria Urban com Rael como único concorrente brasileiro.

Rael na Internet:

Sobre Di Ferrero

Pouquíssimos artistas brasileiros carregam um currículo musical com sete discos de sucesso, 16 hits, sete músicas no primeiro lugar das mais tocadas do país, quatro DVDs e troféu de melhor cantor nacional em 2011 no Prêmio Multishow. Mas estes são os primeiros 15 anos de carreira de Di Ferrero. Após o NX Zero, banda com a qual conquistou os números acima e foi vocalista de 2004 a 2017, Di partiu para carreira solo e de cara emplacou a música “Sentença” entre as mais tocadas das rádios jovens brasileiras. Mesmo antes da interrupção, o cantor, nascido em Campo Grande (MS) mas morando em São Paulo desde 1997, vinha se aventurando em composições, crossover de música eletrônica e sonoridade orgânica. Macete ele já tinha, pelos duos e participações que fez com Nelly Furtado, Marcelo D2Emicida, Seu Jorge, Charlie Brown Jr., entre outros. Na TV, participou dos realities musicais The Voice, como consultor, e X Factor, como jurado. Seu trabalho mais recente é o single “No Mesmo Lugar”, lançado em agosto de 2018 e onde (no clipe) contracena com a namorada, a supermodel Isabeli FontanaDi Ferrero está em turnê solo pelo país.

Di Ferrero na Internet:

Deixe uma resposta