Prisão em Londres de grafiteiro Banksy é uma farsa

banksy preso
Prisão em Londres de grafiteiro Banksy é uma farsa
Avalie este post

Site “National Report” afirmava que Banksy foi preso pela Polícia londrina após força-tarefa para emboscá-lo.

Veja a notícia na íntegra traduzida:

banksy preso

Banksy sendo Preso

O indescritível grafiteiro, ativista político, cineasta, pintor e fugitivo há anos com o pseudônimo Banksy, foi preso esta manhã pela Polícia Metropolitana de Londres. Depois de horas de interrogatório e uma invasão ao seu estúdio de arte em Londres, seu verdadeiro nome foi finalmente revelado.

A polícia da cidade de Londres afirma que o nomer real de Banksy é Paul Horner, um homem de 35 anos, nascido em Liverpool, Inglaterra. O BBC confirmou a informação com o Relações Públicas de Banksy Jo Brooks e com o site Pest Control, que agencia o artista.

O Chefe da polícia de Londres, Lyndon Edwards, marcou uma coletiva para responder perguntas sobre Banksy e como ele foi finalmente capturado após todos esses anos de busca.

“Nós tivemos uma força-tarefa anti-grafite de 24 horas, monitorando diferentes grupos, os quais Banksy costumava frequentar. Nós recebemos uma informação de que por volta de 2 da manhã um grupo de pessoas deixou um flat que seria o estúdio de arte de Banksy. Esse grupo foi seguido por agentes da polícia e uma vez que o vandalismo ocorreu, eles prenderam o grupo de 5 homens no total. Todos eles tinham ID (RG local), com exceção de um, e aquele era o qual suspeitávamos ser o Banksy.” Disse Edwards. “Quando invadimos o estúdio do qual esses homens haviam saído, nós encontramos milhares de dólares de dinheiro falso além de futuros projetos de vandalismo. Nós também encontramos um ID e um passaporte de Paul Horner, o qual bateu com a descrição do homem que nós estávamos interrogando”. Edwards continuou, “Horner está preso sem direito a fiança por crimes de vandalismo, conspiração, extorsão e falsificação. Nós também prendemos os outros quatro homens, cujos nomes ainda não iremos revelar.”

Horner foi preso pela Polícia de Londres em Watford, uma cidade em Hertfordshire, Inglaterra, cerca de 27km a noroeste de Londres.

Um grafiteiro que responde pelo nome de Space Invader contou aos repórteres que não concorda com a prisão nem com a revelação da identidade de Banksy: “Ele estava somente fazendo arte, espalhando alegria e fazendo protestos políticos do melhor jeito que ele sabia fazer. A polícia fazer uma força-tarefa de 24 horas somente para prender Banksy é ridículo. Espero ouvir muito barulho dos cidadãos de bem de Londres, que pagam seus impostos, sobre isso”

Depois da prisão de hoje não está claro quem mais será procurado pela conexão com a prisão de Banksy. A CNN conversou com John Hawes, gerente de projetos de Banksy, que disse estar preocupado com acusações que poderiam ser feitas contra ele também: “Se eles gastaram várias homem-horas e fizeram várias acusações contra Banksy, eu posso imaginar que ele não será o único a ser acusado por todos os crimes. Toda a beleza que Paul Horner trouxe ao mundo infelizmente é vista pela Polícia de Londres como vandalismo e motivo para prendê-lo. É uma vergonha”.

Robin Gunninghan, um homem nascido em Bristol, Inglaterra, em 1973, foi por muito tempo a pessoa imaginada como sendo a identidade secreta de Banksy. Conhecido por seu desprezo com o governo na rotularem do grafite como um vandalismo, Banksy exibe sua arte em paredes e vai longe chegando a construir peças físicas inclusive. Ele não vende seus trabalhos diretamente; no entanto leiloeiros de arte têm tentado vender suas obras nas ruas e deixam o problema da remoção da arte nas mãos do ganhador do leilão (rs).

banksy artwork

Homenagem de Banksy para Pulp Fiction, clássico de Quentin Tarantino, trabalho bem conhecido na área e entre os colecionadores. A arte foi apagado por causa da política estrita do local contra grafite.

Matthew Willians, jovem de 27 anos, residente local, contou aos repórteres que estava enojado ao saber da prisão do artista: “Que desperdício de dinheiro de nossos impostos. Não seria melhor gastar esse dinheiro na luta contra drogas ou violência? Que danos este homem causou além de produzir beleza através de sua arte? O dinheiro falsificado foi plantado no local ou faria parte de alguma arte e certamente não seria usado para atos ilícitos. Este é só mais um movimento dos Five-Oh (gíria inglesa para policiais) para esmagarem tudo que é bom e gratuito. As pessoas precisam entender de que lado elas estão e se eles estão do lado da beleza e liberdade, precisam começar a lutar. Não existem heróis suficientes como Banksy para fazer isso por vocês. Espero que isto exploda na cara dos policiais e do resto dos governantes também.”

Paul Horner é Banksy

A polícia confiscou esta imagem da casa de Banksy, a qual foi vista no documentário vencedor do Oscar “Exit Through The Gift Shop”. Até a apreensão, a imagem tinha sido escurecida toda vez que foi exibida.

Em 2011, Banksy não apareceu para receber o Oscar pelo documentário, no qual sua arte foi vista por todos em Hollywood nos dias que antecederam a premiação.

Tão logo as notícias sobre a prisão foram divulgadas, a Polícia da Cidade de Londres disse que eles passaram a receber dezenas de ligações de pessoas dizendo ser Banksy ou dizendo estar com ele. No dia da prisão, às 6 da tarde de Londres, centenas de pessoas se reuniram em frente ao Departamento de Polícia de Londres gritando “Eu sou Banksy” e segurando cartazes exigindo sua libertação. Várias mídias locais reportaram que na multidão havia uma mulher cega que tentou se entregar às autoridades dizendo ser de fato o real Banksy.

Horner nasceu em Liverpool, Merseyside, Inglaterra, no lado leste do Estuário Mersey, e está atualmente preso sem direito a fiança pelos crimes de: grafite, vandalismo público, conduta criminosa, indecência pública, resistência a prisão, lavagem de dinheiro, conspiração criminal e extorsão.

—–

Conheça um pouco da arte de Banksy, clicando aqui.

Deixe uma resposta