Pineapple Storm lança “Poesia Acústica 11: Nada Mudou”

Sobre a mais nova Poesia Acústica da Pineapple Storm

L7NNON, Xamã, MC Poze do Rodo, Lourena, Azyy, Chris MC, Cynthia Luz e MC Ryan SP. Essa é a formação do “Poesia Acústica 11: Nada Mudou”. O maior projeto de rap nacional, idealizado pela gravadora Pineapple Storm, chega a sua décima primeira edição depois de mais de 2 bilhões de visualizações no YouTube e 1 bilhão de reproduções nas plataformas digitais. Nesta terça-feira (22), os versos melódicos desses 8 artistas aterrissam na internet e consolidam ainda mais o gênero que briga pelo topo das paradas.

Com 3 mulheres em sua formação, o “Poesia acústica 11” vai do funk paulista ao pop em suas sonoridades e referências. A cantora Lourena, por exemplo, cita versos de “Várias Queixas”, sucesso regravado pelo trio Gilsons, para falar de um amor não correspondido. Xamã brinca com a música “Freio da Blazer”, single de L7NNON, que ultrapassa 80 milhões de visualizações no YouTube, e se chama de “a cara dos filho da Deise”. MC Poze também deixa o seu flow de trapper e fala novamente sobre sua vida de corre, sem compromisso: “Não faço poesia, faço trabalho lindo”.

É muito importante porque, além de contar com nomes consagrados do projeto, como o Xamã, o Chris MC e a Azzy, é a primeira vez que temos três mulheres. Isso será uma regra do ‘Poesia Acústica’ agora – nenhuma edição terá menos do que três cantoras. E conseguimos unir um grande nome do funk atual de São Paulo (Ryan SP) e um ídolo do funk carioca (MC Poze do Rodo). Estamos felizes com o resultado final”, conta Paulo Alvarez, fundador da Pineapple.

Com a temática do amor mais diversa, “Poesia Acústica 11: Nada Mudou” chega às plataformas digitais via ONErpm, e com clipe no YouTube também nesta terça-feira (22).

Comentários Facebook