O mineiro RT Mallone liberou o disco “Roho Tahir” que é a alma pura do rap

O mineiro RT Mallone liberou o disco “Roho Tahir” que é a alma pura do rap

Saiu mais um ótimo trampo do artista promissor RT Mallone, e esse novo projeto se chama “Roho Tahir”, que significa alma para a palavra “Roho” do Suahíli, e “Tahir” significa pura no egípcio. Ou seja, o álbum é simplesmente a sinceridade pura do artista, de peito aberto, sem máscaras, mostrando quem é e de onde vem. No disco “Roho Tahir” o rapper de maior nome da cena de Juiz de Fora, reflete e aborda sobre seu bairro, sua cidade, suas conquistas, medos, amores e dificuldades.

Já disponível em todas as principais plataformas digitais

Rohor Tahir” contou com participação de grandes nomes da cena do Rap, com o próprio Negus, o CEO da Artefato e uma das grandes referências da carreira do rapper, Isis Orbelli, jovem artista que tem uma voz aveludada e linda de se ouvir e Jé Santiago, que só afirma ainda mais que esse disco tem tudo pra ser um dos melhores do ano.

O visual de “Roho Tahir” ficou por conta de uma dupla de peso, o fotógrafo João Victor Medeiros, de Juiz de Fora e o ilustrador Gabriel Hislla, de São Luiz. Ambos conseguiram transmitir de forma fidedigna a ideia que nem mesmo o próprio RT conseguiu explicar, o conceito de realeza da quebrada, onde a jaqueta é seu manto, mas mostrando que em sua história o rapper já era rei desde novo.

O disco teve instrumental de Everton Beatmaker, Muxima, Lucas Borges de Juiz de Fora, ABNR, Nauak e Heron Francelino de São Paulo. A produção musical foi assinada por Negus.

Mesmo longe de todo hype da cena, como um bom MC, RT sabe de seu valor e papel no hip-hop e assume essa responsabilidade nesse novo trabalho. Querendo ou não, seu nome já não toca apenas em Juiz de Fora e ele já foi notado pelos grandes do rap nacional, como Emicida e Tássia Reis.

Deixe uma resposta