Negra Li apresenta sua história de vida em “Era Uma Vez Liliane”


Depois de muita expectativa, Li preto vem com novo lançamento por aí! A novidade aconteceu nesta quinta-feira (14), com o lançamento de “Era uma vez Lilian”. O single está disponível em todos plataformas digitais áudio e ganha um clipe que pode ser visto em sua conta oficial do YouTube.

É uma composição do artista paulista em parceria com Vitão, Navio, Forma e bivolt, todos nomes da nova geração, trazendo um frescor ao trabalho do veterano. A produção musical da gravação é de enviar. “Era uma vez Lilian” é um rap com versos melódicos, que flerta com a música pop.

Na música, que abre as obras de seu quarto álbum de estúdio, Li preto exalta sua força e percorre sua trajetória, desde o difícil início em Brasilândia, zona norte de São Paulo, com o grupo RZO, até sua consagração como potência da música brasileira. Outra vez, leitura usa sua arte e a magnitude de sua voz para denunciar problemas sociais e promover a reflexão.

Eu sinto que essa música é uma das mais especiais que eu fiz até agora. Ela é a história da minha vida, então não tinha como esse sentimento ser diferente. Com ela, acredito que poderei mostrar o quanto a vida me exigiu força, coragem e ousadia. Além disso, sou muito grata por poder celebrar mulheres tão importantes na minha vida, como minha mãe, Dona Neusa, e Dona Márcia, mãe de uma das minhas melhores amigas na adolescência. Acho que o público poderá conhecer um pouco mais de Negra Li, e também de Liliane”, diz o artista.

O clipe, dirigido por CG, apresenta a relação do artista com a música desde a infância e a descoberta de que havia um mundo a ser conquistado. Seguindo uma linha cronológica, a produção mostra leitura ainda criança, curiosa, se reconhecendo em outros artistas negros. Então, na adolescência, ocorre a afirmação de sua identidade. Já adulta, é vitoriosa, dona do jogo, da vida e das próprias escolhas.

A produção visual é repleta de referências e conta com a participação especial dos dois filhos da Negra Li, Sofia e Noé, transmitindo a ideia de uma retrospectiva de gerações e amplitude de inspiração. Na maioria, ‘Era um A vez de Lilian” é uma celebração da própria artista, que lutou por seus sonhos e hoje possui um legado inestimável.

Quem passou pelo bairro Vila Madalena, em São Paulo, no início da noite desta quinta-feira (14), pôde ver cenas inéditas do vídeo por meio de uma projeção gigantesca feita na fachada de um prédio da região. A ação impressiona e mostra o amadurecimento e ascensão artística e social de Li preto.

No domingo (10), a cantora foi a décima primeiro desmascarado em A Cantora Mascarada BrasilTV Globo. A cantora presenteou o público e os jurados com belas atuações e teve sua voz marcante e poderosa reconhecida pelos fãs em sua primeira aparição. Vestida de Pavão, ela apresentou um repertório que variou de Pablo Vittar até Tony Bennettmostrando toda a sua versatilidade.

Comentários Facebook