Natura Musical apresenta “Próspera”, novo disco de Tássia Reis

Natura Musical apresenta “Próspera”, novo disco de Tássia Reis
Avalie este post

O álbum “Próspera” conta com participações de Fabriccio, Monna Brutal, Froid, Preta Ary e Melvin Santhana

A cantora e compositora Tássia Reis lançou na última sexta-feira, dia 21 de junho de 2019, o álbum “Próspera”, já disponível em todos os aplicativos de música, seu terceiro trabalho de estúdio é composto por 16 faixas – 13 tracks e 3 interlúdios –, incluindo participações especiais de Fabriccio, Monna Brutal, Froid, Preta Ary e Melvin Santhana.

O álbum “Próspera” foi gravado entre março e abril de 2019, no C4 Studio (SP), o álbum tem produção assinada por DJ Thai, Eduardo Brechó, Jhow Produz, Nelson D e Willsbife, além da própria Tássia Reis. A mixagem e masterização de são de Luis Lopes.

Verso a verso, rima a rima, artista fala sobre seguir em frente, progredir e valorizar um olhar mais delicado com a vida, rompendo ideias, ciclos e histórias que nada de positivo conseguem nos acrescentar.

Esse disco surgiu da necessidade de acreditar que podemos ser melhores do que somos agora e prosperar em todos os sentidos: pessoais, amorosos, espirituais e, também, financeiros”, explica a rapper. “É sobre evolução e equilíbrio para que todas essas partes de nossas vidas cresçam juntas e fortalecidas. Para isso é necessário deixar de lado tudo que é ruim, amadurecer, florescer e correr atrás da nossa felicidade. A mensagem é essa. Foca em você, no seu bem-estar, na sua família, na sua ancestralidade. É isso que eu estou buscando para mim“, ressalta.

Sobre Tássia Reis

Nascida em Jacareí, interior de São Paulo, Tássia Reis iniciou sua vida artística, ainda adolescente, apresentando-se em um grupo de Danças Urbanas. Em 2009, compreendendo que o seu caminho estava diretamente ligado à música, começou a compor e, três anos depois, subir aos palcos. Nessa época, realizou parcerias com Rashid, AXL, Mental Abstrato e Marcelo D2.

Aos 20 anos, mudou-se para a capital e colocou em estúdio a canção “Meu Rapjazz”. Lançada na internet, com aceitação imediata, música ganhou um videoclipe próprio, concentrando um alto número de visualizações. Em 2014, estreou seu primeiro EP, intitulado “Tássia Reis”. Mixado e masterizado por Tuchê, trabalho traz participações de Tiago MAC e . Na capa, o registro de Gustavo Felipe foi ressaltado pela arte de Lia Souza. O compilado que reúne sucessos como “No Seu Radinho” e “Good Trip” consolidou a cantora no cenário nacional.

Antes de apresentar um novo trabalho ao público, a artista, ao lado de Liniker e As Bahias e A Cozinha Mineira, formou o projeto “Salada das Frutas”. Juntos, saíram em uma breve turnê pelo Brasil. No término de 2016, o segundo disco , “Outra Esfera”, chegou ao mercado fonográfico. Gravado no Estúdio Flapc4, no Centro de São Paulo, material foi produzido por Dia, masterizado e mixado por Luis Lopes. Composto por sete faixas, álbum estampou listas de “Melhores do Ano” de diversos veículos. Entre eles, Rolling Stone, Billboard, UOL e portal RedBull.

Com letras fortes e beats pesados, Tássia Reis traz voz para questões, constantemente, silenciadas. Isso fica evidente nas tracks “Ouça-Me”, “Afrontamento” e “Da Lama”, com participação da MC Stefanie Roberta. Também há espaço para assuntos do coração, dentro da narrativa poética, com a sensual “Perigo”, a tranquilizadora e aconchegante “Se Avexe Não” e a libertária “Semana Vem”, que fala sobre relacionamentos abusivos e o encontro do amor próprio. Ao longo de todo o CD, e principalmente em “Desapegada”, é possível perceber uma artista madura, segura e livre, que está focada em espalhar sua arte por onde passa.

Na estrada com a #OutraEsferaTour desde então, Tássia é acompanhada por DJ 3D, Lívia Mafrika (apoio vocal), Jhow Produz (bateria), Ana Karina Sebastião (baixo), Sintia Piccin (sax e flauta) e Kiko Sousa (teclados). Com esse time, já passou por importantes palcos do Brasil, como Centro Cultural Rio Verde, Auditório Ibirapuera, Circo Voador, Itaú Cultural, Cine Joia, CCBB e principais unidades da rede Sesc, sempre unindo o público das festas de rap aos festivais de jazz.

Além de sua carreira solo, Tássia é também integrante do coletivo feminino “Rimas & Melodias”, formado por sete mulheres do hip hop. Unidas, deram vida ao disco homônimo com realização da Red Bull Station, em setembro de 2017. No início de novembro, foi lançado o clipe de “Elza” – em homenagem à cantora Elza Soares – no canal do KondZilla, que já conta com mais de 1 milhão de visualizações.

No segundo semestre de 2017, participou do Pause Festival, em uma tarde de sábado no Parque Villa-Lobos. Organizado pelo Prêmio TripTransformadores 2017, o evento foi criado com o intuito de desacelerar em meio a uma cidade tão caótica como SP. Entre diversas atividades, como aula de yoga e meditação, um tributo à Bob Marley com Tássia Reis, Pitty, Rico Dalasam, Tulipa Ruiz, Dada Yute e Jorge Du Peixe interpretando alguns dos maiores reggaes da história.

Carregando um diploma de Design de Moda na bagagem, deu outro passo importante: a concepção da sua própria linha de roupas. Com oito looks diferentes, a XIU! mistura conforto e liberdade, sem abrir mão da beleza e estilo.

O lançamento do e-commerce veio acompanhado de single e clipe inéditos, homônimos, traduzindo a essência da marca. Participou, também, do “The Force is Female”, da Nike, e da campanha “Lacre Seu Make”, como Cover Girl Avon. Gravou “Contramão“, uma parceria de Pitty, Tássia Reis e Emmily Barreto, do Far From Alaska.

Natura Musical apresenta “Próspera”, novo disco de Tássia Reis

Detalhes dos shows de estreia do álbum “Próspera

No Brasil, os shows de estreia desse projeto estão previstos para agosto. Pela Europa, uma turnê inédita já está definida e começará pelo Roskilde Festival (Dinamarca), passando pelo Walthamstow Garden Party (Londres), Sfinks Festival (Bélgica) e Les Escales (França).

O álbum “Próspera” foi selecionado pelo Natura Musical por meio do edital 2019, com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura.

O Natura Musical sempre acreditou na força da música para mobilizar as pessoas. Para refletir esse propósito e dar espaço à diferentes vozes, a plataforma apoia artistas e bandas capazes de amplificar debates contemporâneos”, diz Fernanda Paiva, gerente de Marketing Institucional da Natura. “Além de entreter, eles também usam a arte como um meio de questionamento e transformação. É o caso de Tássia Reis em seu novo trabalho”, completa.

Deixe uma resposta