Mos Def em campanha a favor dos direitos humanos

Neste vídeo criado pela ONG de direitos humanos Reprieve e pelo premiado diretor Asif Kapadia (que ganhou o BAFTA, o Oscar Britânico, com um documentário sobre Ayrton Senna em 2012), e protagonizado pelo rapper Yasiin Bey (também conhecido como Mos Def) é demonstrado como é feita a alimentação forçada de cerca de 44 dos 100 detentos da prisão de Guantánamo que estão em greve de fome em protesto contra maus (na verdade péssimos) tratos. Yassin topou participar da tortura, a fim de mostrar ao mundo o modo desumano  com a qual esses detentos são tratados diariamente. No vídeo a tentativa de entubar o cantor da primeira vez falha, e o rapper não autoriza a segunda tentativa, tamanho o sofrimento que passou na experiência frustrada. As cenas são consideradas fortes para os mais conservadores.

Esse vídeo, que foi baseado e um documento vazado da forças armadas dos EUA, descreve o procedimento de “alimentação a força de detentos” também chamado de procedimento padrão de operação. Cada procedimento pode levar cerca de 2 horas ininterruptas e é realizado 2 vezes por dia com cada um dos detentos.

Pra quem não conhece, a prisão de Guantánamo está no topo da lista das piores prisões do mundo. É uma prisão americana localizada na Baía de Guantánamo, em Cuba. Isso mesmo, Cuba cedeu, através de um contrato perpétuo, 116km² de terras para os EUA constuírem sua Base Naval nessa Ílha. Parte desse espaço foi utilizado para abrigar a prisão de Guantánamo, onde estão encarcerados em sua maioria os prisioneiros de guerra, muitos do Afeganistão e Iraque, cuja participação em ações terroristas muitas vezes são mera suposições.

Comentários Facebook

Deixe um comentário