Mano Red e Tinne lançam “O Arranha-Céu Escondeu a Lua” música em colaboração


o rapper mano vermelholança nesta segunda-feira, 11 de abril, o primeiro trabalho do movimento “Inversão de Ostentação”. A música “O arranha-céu escondeu a lua” que conta com a colaboração da cantora Tinne. O movimento surgiu a partir de um debate entre músicos de hip hop da região de Campinas (popularmente conhecido no rap como 019).

A faixa, produzida por Eliezer Oliveirano Estúdio de Áudio Atmansegundo o artista, é um Trap no Beat, com vocais de Boom Bap, trazendo sentimentos e valores reais.

Por mano vermelho, a música aborda luta social, lazer na periferia, autoestima e orgulho. “A periferia faz de tudo para se divertir, ser feliz e contornar as opressões do sistema”, acrescenta mano vermelho.

A intenção no movimentoInversão de Ostentação” é contar com a colaboração de um cantor convidado em cada faixa, sempre buscando valorizar as conquistas e a cultura da periferia.

O movimento foi criado a partir de um debate entre rappers Mano Red, TorOgum, Punka e o cantor de R&B Tinne. A ideia é inserir valores cruciais na música para impactar positivamente a vida das pessoas. Ao invés de ostentar o material, como costuma acontecer em canções de ostentação, as letras de hip hop desse movimento, trazem um resgate do sentimento de orgulho pela família, pela comunidade, pelo conhecimento e pelo amor.

O arranha-céu escondeu a lua” já está disponível em plataformas digitais.

Comentários Facebook