Konai mistura estilos e reflete em “Novos Dias”


konai entrou na cena musical como o pioneiro do estilo “canção triste” no Brasil, mas nos últimos anos se consolidou como um artista experimental, misturando estilos e criando experiências na produção de cada música. Hoje, konai lança”novos dias”, escrito e produzido por ele, trazendo não só novidades na parte musical, mas também refletindo sobre problemas atuais nas letras.

A artista comenta a criação da música: “’Não deveria ser meu melhor som, é minha nota do dia / Para eu fazer por mim mesmo o que sei que você não faria’. Gosto que essa seja a primeira linha do som, pois retrata bem essa ‘corrida’ que se transformou em produzir melhor conteúdo em menos tempo. Tudo tem pedido isso, o ritmo de tudo é muito rápido. Acho válido em muitos pontos, mesmo que tenha efeito na forma como consumimos tudo o que está sendo lançado, tanto como artista quanto como espectador”.

E segue: “Eu particularmente sinto esse ritmo de consumo afetando até a forma como assimilo as coisas do dia a dia, comecei a anotar meus dias e como eu estava me sentindo neles, parece que tudo isso muda muito a forma como a gente foca e dá importância às coisas, eu queria lembro como os dias me fizeram sentir porque depois de um tempo ia ser uma memória distante e um pouco confusa. Fazer anotações me aproximou de mim, então, como se eu estivesse realmente me ouvindo, sei lá, ninguém poderia fazer o trabalho de me aproximar de mim porque é uma coisa que só diz respeito a você. Mas eu também não seria capaz de fazer isso antes, então há essa pessoa dentro de mim, que eu também não conheço, algo aconteceu, acontece que eu nunca sei para quem estou cantando. Lembro muito quando estou escrevendo, sei que tem um pouco de todo mundo que conheço, mas quando paro para pensar depois, ainda parece que é pra mim (?)”, reflete konai.

O resultado de parte das páginas anotadas por konai gerou as letras, envoltas em uma variedade de sons, que passam por sons graves, agudos, transições e jazz. A faixa acompanha os lançamentos do artista com o Música Sonyque inclui: “Eu odeio me sentir sozinho”, “bêbados apaixonados”, “Delírio”, “atraso”, “pesadelo” ao lado de diae “movimento”. konai consegue mesclar Rap Romântico, POP, Sad Songs, R&B, Hip Hop Americano, entre outras sonoridades, de forma orgânica, sem forçar ou perder sua essência, portanto, conquista cada vez mais novos ouvintes.

Comentários Facebook