Hot & Oreia se apresentam nos 25 anos do Festival Rec-Beat

Hot & Oreia se apresentam nos 25 anos do Festival Rec-Beat

O duo mineira leva ao palco do festival Rec-Beat seu rap inovador cheio de humor, crítica social e toques de candomblé

O duo mineira Hot & Oreia leva ao Festival Rec-Beat o seu rap cheio de sátira, humor, crítica social e estilo. Revelação do gênero no cenário nacional, o duo é mais uma atração confirmada na edição comemorativa de 25 anos do festival. O evento é gratuito e acontece entre os dias 22 e 25 de fevereiro de 2020, no Carnaval de Recife, no Cais da Alfândega.

Além disso, pelo terceiro ano consecutivo, também será realizada edição especial em Caruaru, agreste do estado, no dia 15 de fevereiro de 2020.

A música do duo Hot & Oreia aborda questões sensíveis e urgentes da sociedade atual, como violência, exclusão social e preconceito de classe. Na sonoridade, o duo inova no rap ao introduzir linguagens e estéticas que fogem ao tradicional padrão do estilo, como os toques do candomblé e letras carregadas de humor e sarcasmo.

Parte disso deve-se à trajetória da dupla. Hot é da família de rappers Apocalypse e cresceu cercado pelo imaginário da trupe de teatro Giramundo. Sua faceta de ator e marionetista chamaram atenção quando começou no hip-hop, nos duelos de MCs, quando buscava inspiração nas suas vivências no palco.

Oreia começou a se interessar pela música através do forró que seus pais ouviam em casa, quando ainda morava no interior de Minas Gerais. Começou a duelar nas Batalhas de MCs em Belo Horizonte aos 15 anos e logo chamou atenção para suas rimas cheias de ironia.

O primeiro disco do duoRap de Massagem, saiu em 2019 e conta com participações de Djonga, Luedji Luna, Marina Sena, Rafael Fantinni e Luiz Gabriel Lopes.

O festival confirma sua vocação em ser um dos principais incentivadores do rap brasileiro com a presença de nomes importantes do gênero nestes 25 anos. O evento acompanhou com entusiasmo a evolução do rap e suas diferentes vertentes com escalações como Criolo, Rimas & Melodias, Don L, Edgard, Rashid e Black Alien, entre muitos outros.

Festival Rec-Beat

Criado em 1995, o Rec-Beat é hoje um dos mais importantes festivais de música do Brasil. Idealizado e realizado por Antonio Gutierrez, o Gutie, o evento construiu ao longo desses 25 anos uma história de sucesso e relevância, sobretudo pelo seu interesse em incentivar e dar visibilidade às diferentes sonoridades da música brasileira.

Ao longo de sua história, não só acompanhou lado a lado todas as transformações da música local e nacional como foi um dos agentes dessas mudanças. Do manguebeat ao carimbó, passando pela eletrônica, jazz, rap, rock e brega-funk, o festival sempre celebrou a diversidade cultural que está no cerne do Carnaval da cidade.

O palco do Rec-Beat sempre busca proporcionar uma experiência inesquecível ao público ao propor o encontro de diferentes tribos, classes sociais, gênero, gerações, em um espaço democrático, livre e aberto a todo mundo. O festival se tornou um dos epicentros da efervescência do carnaval de Recife.

A programação, ano a ano, traz nomes nacionais e internacionais no já tradicional palco no Cais da Alfândega, sítio histórico da cidade, além de realizar atividades ao longo do ano e palcos especiais em outras cidades, como Caruaru, Fortaleza, João Pessoa, São Paulo e outras, que já receberam edições especiais do Rec-Beat.

O Festival Rec-Beat é uma realização Rec-Beat Produções com patrocínio Prefeitura de Recife e incentivo Funcultura – Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura e Governo de Pernambuco. Apoio Consulado Geral da França para o Nordeste em Recife, Instituto Francês do Brasil, Consulado Geral da República Federal da Alemanha em Recife e Pitú.

Deixe uma resposta