BK’ canta seus sucessos autorais no projeto Hip Hop Machine

BK’ canta seus sucessos autorais no projeto Hip Hop Machine
Avalie este post

O projeto Hip Hop Machine, sob o comando do saxofonista Leo Gandelman, a maior referência do jazz brasileiro, convida os maiores nomes do Hip Hop nacional, BK’, Haikaiss, Baco Exu do Blues, Karol Conka, 1Kilo, 3030, Luccas Carlos, Gabz, Delacruz e BNegão, para unir os dois gêneros em releituras inéditas

A cada semana, um novo EP acompanhado de quatro vídeos lançados nos aplicativos de música, a série distribuída pela Milk em parceria com a Altafonte une o Jazz ao Rap em versões bastante inspiradas.

Em Hip Hop Machine, cada artista, faz novas interpretações de quatro canções autorais, captado por uma câmera em movimento, transportando o público para dentro do estúdio onde os encontros musicais acontecem.

O improviso é o maior legado da música americana. Jazzistas como Charlie Parker e John Coltrane trouxeram a atitude para o ritmo o que significava criar o que está dizendo ao mesmo tempo que está fazendo. O improviso transcendeu o jazz e chegou ao Rap.”, disse Leo Gandelman, “Fiquei tão feliz com o resultado que já estamos pensando numa segunda temporada.”, finaliza o saxofonista.

O segundo episódio do Hip Hop Machine, foi lançado na última quinta-feira, dia 16 de maio de 2019, quando o rapper BK’ faz novas interpretações de quatro faixas autorais: “Deus do Furdunço” (BK / Vinicius Moreira / Felipe Hiltz), “Planos” (BK / Thiago Nandi), “Julius” (BK / Felipe Hiltz) e “Titãs” (BK / Felipe Hiltz).

Deixe uma resposta